English Version Versão Portuguesa Version Française Versione Italiana Türkçe Sürüm Wersja Polski Variantă Română Ελληνική έκδοση Magyar Nyelv Český Jazyk Versión Española
Sponsorzy:

Nowości

Estágios internacionais Leonardo da Vinci

Lançamento livro Mulheres Corticeiras

O livro constitui o terceiro volume da Colecção: «História, Cultura e Política Florestal», da ONGA Euronatura e o seu lançamento ocorrerá no próximo dia 30 de Novembro 2010, pelas 18h00, no decorrer da Feira do Montado (em Portel), com a presença da investigadora Stefania Mattarello, coordenadora do projecto, e com a intervenção do Secretário de Estado das Florestas e Desenvolvimento Rural, Rui Pedro Barreiro, da Secretária de Estado da Igualdade, Elza Pais, da engenheira florestal Sofia Leal e da produtora florestal Teresa Ramada-Curto.

> Ler press release

Conferência FLORESTAS E CLIMA: Experiências em África

África é uma das regiões do mundo que conserva mais floresta primária porém, em várias áreas do continente, estas florestas estão ameaçadas pelo corte clandestino e a má gestão. Além dos nefastos efeitos ambientais, estas acções desencadeiam uma série de efeitos negativos para as populações que vivem das florestas, ao nível económico, social e também cultural.

Quais são as causas destes problemas e que soluções se propõem num momento de grande expectativa e atenção sobre o rumo das alterações climáticas e sobre o valor das florestas na diminuição do aquecimento global?

 

A Euronatura organiza uma conferência internacional titulada Forests and Climate: Experiences in Africapara fomentar o debate e partilha de ideias sobre estas questões. O encontro contará com a presença de membros de ONGAs europeias ponteiras tais como a FERN (Bélgica), WWF (Portugal) e a ARA (Alemanha).

Alguns dos temas em debate serão: a iniciativa da UE FLEGT para acabar com o comércio ilegal de madeiras; o programa REDD (Reducing Emissions from Deforestation and Forest Degradation); a certificação florestal e as plantações de eucalipto. A Euronatura irá apresentar neste encontro um estudo histórico sobre os Serviços Florestais em Moçambique.

 

 

LOCAL – Fundação Gulbenkian: Sala 2

18.Outubro.2010

14.30h

As presentações serão realizadas em inglês, sem tradução.

 

 

Mais informações em anexo ou com Alba Valle (Coordenadora do Projecto)

96 9457547, alba.valle@euronatura.pt

 



Desenvolvimento Sustentável

Wallinblock quer substituir betão por cortiça

Uma solução de construção de baixa pegada ecológica, com incorporação de aglomerados de cortiça, está a ser desenvolvida num projecto de investigação que arrancou este mês. Financiado pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), o projecto Wallinblock tem como figura de peso a Corticeira Amorim.

O objectivo é que, através da incorporação de cortiça e outros materiais naturais, o Wallinblock permita construir uma parede sem pilares de betão, com recurso à tecnologia estrutural pioneira OpenCell, da Ply Engenharia. Além de ser necessário um menor tempo de construção, em relação às paredes tradicionais, o projecto tem também vantagens ao nível da eficiência energética – graças às propriedades isoladoras da cortiça – e representa uma menor pegada ecológica, devido à incorporação de materiais naturais e ao próprio método de construção.

O desenvolvimento do Wallinblock representa um investimento de cerca de 850 mil euros, financiados em 50 por cento pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN). Além da Corticeira Amorim, representada pela Amorim Cork Composites, o projecto resulta ainda da participação da Ecochoice, da Dreamdomus e do IteCons.

O método de construção assenta numa compartimentação vertical modular para paredes exteriores e interiores. Os vários módulos são ligados entre si, desempenhado a função de elementos estruturais contínuos do edifício.

Amadia por corticeiros & designers

De 25 de Setembro a 16 de Novembro 2010

Centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor

AMADIA
por corticeiros & designers

Do artesanato às novas apliacações da cortiça no designer contemporâneo português.

Em Portugal são inúmeros os projectos e designers que elegem a cortiça como matéria-prima, dando continuidade à tradição secular e pioneira dos nossos corticeiros. No centro de Artes e Cultura de Ponte de Sor o regionalismo “Amadia” é mote para esta exposição que se constituí uma ponte entre artesãos e designers, não apenas como reflexo de uma tendência do design global, com origem na cortiça portuguesa e muitas vezes absorvida de fora para dentro do País, mas sim como um encontro privilegiado de gerações, culturas e criações, em torno da cortiça, com o propósito de enaltecer a terra e os Homens que a produzem.

É uma exposição dedicada aos ponte-sorenses e à valorização da sua identidade enquanto povo corticeiro, dos objectos artesanais do seu quotidiano, a par com a mostra de uma selecção de projectos de design contemporâneo português, com a ambição de propor novos percursos.

APRESENTAÇÃO PROJECTO "MULHERES CORTICEIRAS" 29/05/2010 - FICOR, CORUCHE -

A Euronatura em 2010 lança o Projecto “MULHERES CORTICEIRAS”, continuando assim a dinâmica de acção que tem sempre mostrado nas suas investigações, ou seja, constituir uma viragem no conhecimento de áreas pouco estudadas. 

A inovação e a particularidade do presente Projecto residem no contributo que a Euronatura pretende destinar à valorização e ao reconhecimento identitário das mulheres no âmbito do sector corticeiro. Para a Euronatura é importante conhecer as experiências destas mulheres na sua vida académica, laboral e pessoal, reconhecendo uma dedicação e um carisma tipicamente feminino num território que durante muito tempo foi, e ainda hoje é, sobretudo masculino. 
O projecto desenvolve-se através da recolha de depoimentos na forma de entrevista, onde surgem histórias contadas no feminino e que abordam o trabalho e o envolvimento das mulheres na fileira da cortiça, numa tentativa de percepção de uma abordagem e sensibilidade particulares da mulher em relação a esse mundo. 
O interesse principal desta investigação é conhecer a percepção das mulheres dentro desta área específica e, além disso, identificar eventuais diferenças com a dos homens. Portanto, os estudos sobre as mulheres, para além de contribuírem para o melhor conhecimento da vida social em geral, podem neste caso específico, continuar a envolver e informar o público da realidade do recurso primário e económicos que é a Cortiça, que nos países do Sul da Europa, como Portugal, é de extrema importância e riqueza. 

A apresentação do Projecto ocorrerá no próximo dia 29 de Maio 2010, pelas 18 horas, no decorrer da Segunda Edição da FICOR – Feira Internacional da Cortiça (em Coruche, no Parque do Sorraia), com a presença da Investigadora Stefania Mattarello, Coordenadora do Projecto, e com a intervenção do Engenheiro Florestal Ignacio García Pereda, da Arquitecta Fernanda Chiebao e da Subdirectora do Instituto dos Museus e da Conservação, Dra. Graça Filipe. 
A publicação do livro, produto e resultado final do Projecto, sairá brevemente e constituirá o terceiro Volume da Colecção: “História e Política Florestal”, da ONGA Euronatura.

El corcho!

The Spanish Cork (= EL CORCHO) is OnLiNE!

Czech Language!

From today Czech is online... the 10th language of the site!

28 de Janeiro 2010: LANÇAMENTO do livro "JUNTA NACIONAL DA CORTIÇA (1936-1972)"

O que foi a Junta Nacional da Cortiça? Quais foram os temas que estavam mais presentes nas suas funções e objectivos? Quais as dificuldades atravessadas pela fileira da cortiça na crise de 1929 e durante a ditadura de Salazar? O que levou ao desaparecimento da Junta ou do Instituto dos Produtos Florestais? Em que medida conhecer o percurso da Junta pode ser útil para as novas instituições corticeiras que estão a aparecer actualmente?

Para responder a essas questões, a ONG Euronatura lança o livro Junta Nacional da Cortiça (1936-1972), no próximo dia 28 de Janeiro, pelas 19h, na livraria Aletheia (Rua do Século, nº 13, Lisboa), com a presença do autor, o investigador Ignacio Garcia Pereda e a intervenção do Dr. Dionísio Mendes (presidente da Câmara Municipal de Coruche) e da Dra. Graça Filipe (subdirectora do Instituto dos Museus e da Conservação).

Num momento em que a fileira da cortiça assiste ao nascimento de novas instituições,como o Observatório da Cortiça de Coruche ou o Centro Nacional de Valorização do Montado de Portel, esta Instituição, da metade do século XX, deve ser justamente reconhecida. Até agora não se tem prestado a devida atenção ao teor e ao impacto das suas funções, nem àsvertentes de investigação e divulgação desenvolvidas pelo seu laboratório. É esta falha que este projecto pretende colmatar, contribuindo simultaneamente para um melhor conhecimento da realidade do Estado Novo português.

Com esta publicação a Euronatura lança o segundo volume da sua colecção “História e Política Florestal” que pretende contribuir para melhorar o conhecimento nesta área da história contemporânea portuguesa.

Hungarian Language

After including the Romanian and Greek language in our site,
Promocork is proud to announce
the inclusion of the Hungarian language!
It's already available.

Greek PROMOCORK!

Here it is, a new language for the site: Greek people come here to discover the cork world!

PROMOCORK in Romanian!

From today a new flag, a new language for our site: the Romanian version!

...which language will be the next?! :)

PROMOCORK HAS NEW LANGUAGES FOR ITS SITE!

Promocork site is growing up fast and it is for everybody!

In our last period we tare trying to focus our work on different and new linguistic versions for the site:
now you can getting know about cork in English, French, Italian, Portuguese, Polish, Turkish! Just click on the little flags on the right of the site and... ENJOY THE READING :)!