English Version Versão Portuguesa Version Française Versione Italiana Türkçe Sürüm Wersja Polski Variantă Română Ελληνική έκδοση Magyar Nyelv Český Jazyk Versión Española
Patrocinadores:

Contexto do Projecto

Ao longo dos últimos séculos, os montados de sobreiro têm ajudado a natureza e o mundo rural a viver em harmonia, criando um equilíbrio único que se deve principalmente aos benefícios sócio-económicos criados para os proprietários florestais pelo valor da cortiça.
Este equilíbrio encontra-se actualmente em perigo porque a sustentabilidade da tiragem da cortiça é ameaçada por produtos substitutos que estão cada vez mais presentes no âmbito do engarrafamento. As guerras de preços e a carência de compradores de cortiça têm reduzido o valor das florestas e põe a sua longa sobrevivência numa situação muito precária. Sem mercado, o valor da cortiça acabará por desaparecer.

Efectivamente, a cortiça é um material nobre com múltiplas virtudes e a sua utilização tradicional é perfeitamente compatível com a protecção do ambiente. Contudo, se a produção de cortiça não gerar benefícios económicos, os sobreiros acabarão por ser rapidamente substituídos por outras culturas mais intensivas, como por exemplo o eucalipto, utilizado para fabrico de pasta do papel.

É graças à exploração da cortiça e à utilização das bolotas que estas árvores estão presentes em número maciço. As extensões que as árvores ocupam, ainda hoje são ricas quer ao nível paisagístico quer sobretudo em flora e fauna. Para além disso, os sobreiros protegem muito bem o território contra a erosão do solo. Repare-se também que, a exploração da cortiça, se for bem dirigida, não afecta o crescimento e a evolução da árvore. Por conseguinte, esta cultura extensiva continuará a subsistir apenas se for economicamente proveitosa. O verdadeiro perigo é portanto os sobreiros serem substituídos gradualmente por árvores mais proveitosas.
Para concluir, é urgente aconselhar e exortar os vinicultores a permanecerem fiéis às tradicionais rolhas de cortiça, as quais ajudam a manter os sobreiros no contexto e na paisagem mediterrânica.